Um bom começo

É um dos pontos principais, por ser onde a maior parte das pessoas tem dificuldade.

Sempre que tem que fazer algo novo, que assusta, tendemos a procrastinar, deixar para depois. É normal, o começar é realmente difícil.

Uma dica é pegar a menor parte possível, que é tão insignificante que não há desculpa para postergar o começo. Com isso, você vai destravar, vai dar o primeiro passo, por menor que seja.

Em um discurso público, a menor parte, que não deixa desculpas para que não seja feita é a apresentação: 

  • Quem é você?
  • Por que você está ali?

Comece por isso, principalmente se você for uma das pessoas que tem pavor de falar em público.

Por exemplo: “Oi, meu nome é Trilheiro, estou aqui para fazer uma apresentação para vocês.”

Com esse passo inicial, o restante vai se tornando mais fácil.

Algumas dicas de como começar

  • Conte uma história para chamar a atenção do público – é uma técnica mais avançada, mas, quando você aprende, percebe que é sensacional;
  • Faça um breve sumário do que vai acontecer ao longo da apresentação – além de se apresentar, você pode falar o que vai fazer, brevemente, para o espectador saber o caminho pelo qual será levado por você;
  • Conte o que motivou a estar ali fazendo aquela apresentação e o que te motivou a falar sobre aquilo.